.as minhas fotos

.links

.pesquisar

 

.o mesmo eu

a diferença em mim vista por vós, é a mesma por mim vista em vós.

.Outubro 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


Quarta-feira, 28 de Setembro de 2005

Bondade

Peguem

É o meu coração

Tomai-o.

Ainda está quente

E tende cuidado que o sangue morno

Pinga no chão.

Vejam

Como é lindo

E

Agradável

Ao toque.

Sintam-no,

Acariciem-no.

E bebam o seu sangue

Como o leite que a vaca fez agora

Saboreiem, de olhos fechados.

Como é doce.

Sabe a groselha.

-não sabe?

Agora limpo com beijos

Os pingos que passeiam

Nos vossos olhos.

-Engraçado!...

Ainda bule…

E não está em mim

E é meu, mas não morri

Dei-o

É grande demais e sobra para todos

(mais).

escrito por A.fe às 10:55

link do post | não sejas tímido | favorito

13 comentários:
De Anónimo a 28 de Setembro de 2005 às 15:37
Juegas con las palabras , que poeta! besitosromero
(http://romerodelpueblo.blogspot.com/)
(mailto:romero_del_pueblo@hotmail.com)


De Anónimo a 28 de Setembro de 2005 às 13:23
A partilha do sangue. Metáfora que Cristo utilizou.

Gostei.

:)pedra
(http://brancaspedras.blogspot.com)
(mailto:poischove@hotmail.com)


De Anónimo a 28 de Setembro de 2005 às 12:45
É uma poesia diferente, original, dá para pensar, parabens foste diferente, ou és? Bom resto de semana, zezinhozezinho
(http://zezinhoeseuspoemas.blogs.sapo.pt)
(mailto:zezinhomota@sapo.pt)


Comentar post

blogs SAPO
a diferença em mim vista por vós, é a mesma por mim vista em vós.