.as minhas fotos

.links

.pesquisar

 

.o mesmo eu

a diferença em mim vista por vós, é a mesma por mim vista em vós.

.Outubro 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


Quinta-feira, 20 de Outubro de 2005

Amadureço

Amadureço
no galho da árvore anciã
onde o vento passa
com o tempo.

Amadureço
nas vozes
dos rios vivos
e dos poetas mortos.

Amadureço.

Espero os mestres
que dizem que a lua
é paixão, amor e traição.
e não um planeta
suspenso como um balão
num fio de estrelas
que a terra segura com a mão.

Amadureço
as letras como o fruto
e depois reparto-o
da minha vida.

Amadureço
no Poente
no descanso do Sol
e
na montanha encarno
a voz do eco.

Amadureço
o que penso,
o que digo e como o faço
no ventre da natureza_
mãe do tempo.

Amadureço.

Cerco os dias
nas asas de um condor
e voo na sabedoria
que plaina no tempo.


20.10.2005
avozquenaosecala

escrito por A.fe às 13:04

link do post | não sejas tímido | favorito

33 comentários:
De Anónimo a 20 de Outubro de 2005 às 14:37
Não percebi todos os detalhes...mas parece-me bom.
BeijinhosAntónio
(http://)
(mailto:a.castilho.dias@clix.pt)


De Anónimo a 20 de Outubro de 2005 às 14:28
a escrever assim, acho que nunca mais te deves calar...justificando assim a razão de ser do título do teu blog :)

:)
adesenhar
(http://adesenhar.blogspot.com)
(mailto:havarod@gmail.com)


De Anónimo a 20 de Outubro de 2005 às 13:52
ana

gosto muito deste poema. está bem estruturado, e está feito como se constrói uma casa: fundações, estruturas, paredes e tecto.
o poema vai amadurecendo tal como um fruto e as palavras são um autêntico corredor que reparte o sabor da leitura pelos vários aposentos de uma casa, microcosmo de um ideário imaginativo.
continua, assim,a escrever o encantamento que é a poesia.josé félix
(http://ateiadaaranha.blogspot.com)
(mailto:jonasfel@netcabo.pt)


Comentar post

blogs SAPO
a diferença em mim vista por vós, é a mesma por mim vista em vós.