.as minhas fotos

.links

.pesquisar

 

.o mesmo eu

a diferença em mim vista por vós, é a mesma por mim vista em vós.

.Outubro 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


Quarta-feira, 2 de Novembro de 2005

Espelho

Quem sou eu?
Sou aquela que limpa os esgotos e disfarça o aroma com um perfume que inala flores?

Quem sou eu?
A mulher que no leito mente ao próprio amor fingindo que ama?

Quem sou eu?
A mulher que chora porque não ora?

Quem sou eu?
A amiga que ri e que chora na hora inversa no momento e na hora?

Quem sou eu?

Uma flor?

Um espinho?

Uma dor?

Mas…

Quem fui eu?


escrito por A.fe às 18:41

link do post | não sejas tímido | favorito

39 comentários:
De Anónimo a 7 de Novembro de 2005 às 23:35
Grato pela visita e pelas palavras deixadas no "SABIA QUE...?"
Volta sempre.

Até breve.lumife
(http://bxalentejo.blogspot.com)
(mailto:lumife@sapo.pt)


De Anónimo a 7 de Novembro de 2005 às 21:42
Obrigado pela visita.
Já só faltam dois episódios portanto, até ao fim da semana saberás tudo...curiosa!
ah ah ah

BeijinhosAntónio
(http://eusoulouco.blogspot.com)
(mailto:a.castilho.dias@clix.pt)


De Anónimo a 7 de Novembro de 2005 às 21:13
Ana: Você tem entrada franca e permanente no "meu clube". Obrigado pela visita. No momento, estou passando só para uma vista raápida, tenho que sair para um compromisso inadiável. Depois lerei com vagar sua página, mas lhe digo, de antemão, que o título já me pégou. Um grande abraço;Francisco Sobreira
(http://luzesdacidade.blogspot.com)
(mailto:)


De Anónimo a 7 de Novembro de 2005 às 17:40
ana
este "espelho" tem o sujeito contrário ao de narciso. em vez da contemplação é uma procura metafísica do eu lírico.

josé félix
jose felix
(http://ateiadaaranha.blogspot.com)
(mailto:jonasfel@netcabo.pt)


De Anónimo a 7 de Novembro de 2005 às 15:27
Ana

Não há dons. Há trabalho. Como diria o Einestein 99% é transpiração 1% inspiração.hfm
(http://tcores.blogspot.com)
(mailto:tracosecores@yahoo.com)


De Anónimo a 7 de Novembro de 2005 às 11:51
Amiga!
Este teu poema é a realidade de muitas de nós,
que realmente ao olharmo-nos no espelho, não sabemos muito bem quem somos, sabemos o que queríamos ser e por isso disfarçamos.
beijos
apmAna Paula
</a>
(mailto:apm@sonae.pt)


De Anónimo a 6 de Novembro de 2005 às 21:03
A pergunta "quem somos nós"?
Somos o que encontramos em nós...mfc
(http://pedemeias.blogspot.com)
(mailto:manuelfelixdacosta@gmail.com)


De Anónimo a 5 de Novembro de 2005 às 22:41
Olá Ana!
Vim agradecer sua visita e desejar um domingo MARAVILHOSO pra você. Quem é você? Afirmo que seja uma poetisa sensível, romântica e talentosa além do que ainda não conheço.
Beijos, VilmaVilma
(http://meuautoretrato.blogger.com.br)
(mailto:vilmaoliveira@gmail.com)


De Anónimo a 5 de Novembro de 2005 às 18:22
Quem somos nós? Aqueles que mostramos aos outros, ou aqueles que guardamos só para nós?
Um beijo.Ana
(http://www.encostadomar.blogspot.com)
(mailto:aa.lisboa@clix.pt)


De Anónimo a 5 de Novembro de 2005 às 15:39
Olá!!
Que poema bonito!!
Palavras sinceras. Sabes quem és, tens de o saber!! Agora quem foste (fomos) está segredado algures!! Hehe!!

Beijinhos
Bom fim-de-semana!!
:)Natalie
(http://a-minha-teia.blogspot.com)
(mailto:natalie_afonseca@sapo.pt)


Comentar post

blogs SAPO
a diferença em mim vista por vós, é a mesma por mim vista em vós.