.as minhas fotos

.links

.pesquisar

 

.o mesmo eu

a diferença em mim vista por vós, é a mesma por mim vista em vós.

.Outubro 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


.Fazer olhinhos

Sexta-feira, 25 de Novembro de 2005

Fantasia

Maldita
Porque me atormentas.
Porque me fazes sentir, sempre vazia.
sem sangue ou dor ou amor.

Maldita
possuís-me
a alegria,
os meus impossíveis.
As utopias do perfeito.


Maldito ser
arte da beleza
exaltada na guitarra
e no piano onde choram as vozes a dor do jardim
ou nas noites sozinha em oração ao céu
quando abraças Deus
recito-te só para mim.


Maldita
inspiro à tua ordem
não sou gente não sou
minha.
Vivo nos braços dos teus rios
no fogo dos teus anseios,
na raridade de ser flor.
Amo as árvores como amo o vento
e, por vezes, flutuo nas pérolas.

Enlouqueço
quando te conheço.

Amar é assim.

Poesia,
porque és real eu também existo
no mundo de fantasia.

22.11.2005

escrito por A.fe às 10:23

link do post | favorito

De Anónimo a 8 de Fevereiro de 2006 às 23:02
Bonitos poemas que tens no teu Blog, continua...tens muita força interior, bjscarla
(http:///aventurasepercursos.blogspot.com)
(mailto:muana@iol.pt)


Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

blogs SAPO
a diferença em mim vista por vós, é a mesma por mim vista em vós.