.as minhas fotos

.links

.pesquisar

 

.o mesmo eu

a diferença em mim vista por vós, é a mesma por mim vista em vós.

.Outubro 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


.Fazer olhinhos

Segunda-feira, 12 de Setembro de 2005

tuc, tuc.

Um dia! Sei que te falarei…
Como uma mãe
Em véspera de casamento
À filha fala.
As mãos, juntas, em novelo
Num só joelho, tacteiam
A pele nua do joelho, com receio.
As palavras fluirão com o olhar
No alvo como setas
Sinceras e puras como água
Límpida que jorra das fontes da verdade.
É só esperar o tempo, chegar…!
Até lá ouvirei os teus passos
Assim, atrás de mim
Tuc, tuc, tuc, tuc…
Como o cinzel
Que esculpe o tempo
No gesso branco, amarelo
Mortalha do meu coração.

escrito por A.fe às 14:59

link do post | não sejas tímido | favorito
|

8 comentários:
De Anónimo a 15 de Setembro de 2005 às 21:47
De uma ternura quase comovente...
Um abraço, Ana!!!nastenka
</a>
(mailto:nastenka@clix.pt)


De Anónimo a 15 de Setembro de 2005 às 14:36
deixo aqui um agradecimento colectivo a todos que me visitam e não comentam e tambem para os que fazem questão de eu saber, que por aqui passam, muito obrigada a todos.
jinhos
amcosta ana maria
</a>
(mailto:aguassantas11@sapo.pt)


De Anónimo a 14 de Setembro de 2005 às 00:16
Um momento de especial e comovente ternura. Impossível ficar-lhe indiferente. Muito bonito. ;-)amcatarino
(http://amcatarino.blogspot.com)
(mailto:amcatarino@net.sapo.pt)


De Anónimo a 13 de Setembro de 2005 às 20:02
Vim aqui agradecer a visita ao meu blog e, também "espreitar" o que se fazia por aqui.
Gostei muito do poema. Extremamente bem escrito e com um significado bastante doce e especial.
Quanto ao meu texto, devo confirmar que aquele diálogo se faz entre mim e a referida árvore.
É verdade, já tenho um novo post escrito!
Passarei por aqui mais vezes...
Bj e boa escrita laranjinha_
(http://laranjinha_.blogspot.com)
(mailto:marisaasfernandes@hotmail.com)


De Anónimo a 13 de Setembro de 2005 às 19:37
Olá, obrigada pela visita ao http://www.umolharsobre.blogspot.com/ e pelas palavras lá deixadas..., mas obrigada sobretudo por me teres trazido até aqui, gostei muito.
BeijoLina
(http://entreotudoeonada.blogspot.com)
(mailto:lina.cf@gmail.com)


De Anónimo a 13 de Setembro de 2005 às 14:32
obrigada pelo comentário.. =)

gostei bastante do poema..
voltarei.. =)cauba
(http://wihw.blogspot.com/)
(mailto:wishihavewings@hotmail.com)


De Anónimo a 13 de Setembro de 2005 às 14:15
Passo por aqui para agradecer a visita ao meu 'cantinho'... :] *Sara
(http://www.likestatues.blogspot.com)
(mailto:sara_statues@hotmail.com)


De Anónimo a 12 de Setembro de 2005 às 20:14
Los consejos de una madre siempre son para escuchar :) guste de ese poema . BesosRomero
(http://romerodelpueblo.blogspot.com/)
(mailto:romero_del_pueblo@hotmail.com)


Comentar post

blogs SAPO
a diferença em mim vista por vós, é a mesma por mim vista em vós.