.as minhas fotos

.links

.pesquisar

 

.o mesmo eu

a diferença em mim vista por vós, é a mesma por mim vista em vós.

.Outubro 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


.Fazer olhinhos

Sexta-feira, 27 de Outubro de 2006

Eu e Maria Limeira


  MONÓLOGO À BEIRA-MAR
  Maria José Limeira

  Ah, tristeza.
  Quantas dores
  e decepções
  são necessárias
  para escrever
  na areia branca
  a palavra solidão?

  Entre mágoa
  e despedida,
  um diálogo
  que não se exprime.

  Todo pedido de socorro
  agoniza esmagado
  no meio da multidão
  entre as buzinas
do tráfego.
t
risteza.
Muda de nome.
S
erás chamada
de pássara!

 

Maria Limeira doce Jornalista

 



Maria o mar já te respondeu?

  e que disse?

  queres que fale com as areias para que te toquem com
  carícias e beijos?
  diz-me Maria para que as mande ter contigo aos
  milhares e uma por uma falarão
  das  confissões e segredos de amor que deram ao mar.
  Maria a minha areia também te irá beijar e o meu
  segredo, o mar te irá levar
  nas ondas que rebentam por não aguentarem de tantas
  palavras que lhes dão.
  não vês? Que é por isso que as ondas acabam nas
  areias, é para que  possas  pegar

nos segredos e nas amarguras todas, senão...
  como irias pegar em água
  ou em palavras d'água e levá-las contigo?

  mas não digas nada Às pedras porque são areias
  mortas já nada podem fazer!

  Ana Mª Costa

 

A resposta de Maria

 

Isso é tão bonito de se ver. Sabia? Você é uma Poetisa
Linda que eu gosto muito. Viu? Estou muito contente
que meu texto triste tenha lhe inspirado tanta beleza
em sua resposta. Saludos & Obrigada. Maria José
Limeira.


escrito por A.fe às 12:23

link do post | não sejas tímido | favorito
|

blogs SAPO
a diferença em mim vista por vós, é a mesma por mim vista em vós.