.as minhas fotos

.links

.pesquisar

 

.o mesmo eu

a diferença em mim vista por vós, é a mesma por mim vista em vós.

.Outubro 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


.Fazer olhinhos

Terça-feira, 9 de Agosto de 2005

Como fui e como sou

Lembro-me, que esqueci como eu era, talvez se me lembrasse o pudesse voltar a ser, jeitosa e linda, mas não consigo….

Agora vejo as minhas coxas e vejo-as grandes com varizes e raios e só me lembro dos caminhos andados por elas no passado.

Os pés estão doentes e mais ficam devido ao meu peso e porque não ando, mais engordo e então penso! -Não tenho que andar mais. Já andei muito, agora tenho de parar para pensar no que já andei.

A barriga que cresce de gordura que despida lembra mais uma gravidez e vestida lembra mulher desmazelada, ela suporta muitas refeições escassas e vagas em horários tolos e feitos com esforço.

Na cara as marcas das travesseiras tatuam-na com os escassos descansos dos anos loucos.

Restam as nádegas com o tamanho do mundo e os peitos agora com umas feições exageradas que dantes queridas e não havidas, hoje deliciam as mãos e os lábios daquele que lhes acarinham na fartura presente.
Hoje lembro-me como sou, sou mulher.
Hoje sou amada no que antes era ignorada.

escrito por A.fe às 15:23

link do post | não sejas tímido | favorito
|

7 comentários:
De Anónimo a 10 de Agosto de 2005 às 09:37
Alexandre, Ana, Fata e Antonio-um bem haja sincero a todos.ana maria
</a>
(mailto:aguassantas11@sapo.pt)


De Anónimo a 10 de Agosto de 2005 às 09:28
Muito bem, Ana!
Eu bem te dizia para fazeres um blog!
Quando se vai expôr a muita gente aquilo que se escreve, temos mais cuidados e mais critério naquilo que rabiscamos.
Jinhos
António
(http://eusoulouco.blogspot.com)
(mailto:a.castilho.dias@clix.pt)


De Anónimo a 10 de Agosto de 2005 às 01:12
Sentem-se os malefícios e os benefícios do tempo... Adorei o final, deste-me a ideia de que aqui uns e outros viajaram em direcções opostas.
FataMorgana
(http://fatamorgana.romanesca.com/blogger.html)
(mailto:backinavalon@yahoo.com)


De Anónimo a 9 de Agosto de 2005 às 23:02
Curioso o teu texto, primeiro que leio. A passagem do tempo deixa marcas, umas mais evidentes que outras, mas aquelas que verdadeiramente importam são as marcas que ficam na alma. Voltarei para ler-te mais vezes.
Um beijo.Ana
(http://www.encostadomar.blogspot.com)
(mailto:aa.lisboa@clix.pt)


De Anónimo a 9 de Agosto de 2005 às 21:10
bem... esta deixa a pensar... é autêntico, vê-se que é autêntico, e dessa maneira escreves bem. claro que melhor ficará sempre que revires e trabalhares os textos, mas... parabéns, gostei muito desta crónica.Alexandre
(http://ocodaboca.blogsome.com)
(mailto:ramosjac@sapo.pt)


De Anónimo a 9 de Agosto de 2005 às 16:53
olá Leonor obrigada mais uma vez pela tua "elegante" visita.
ana maria
</a>
(mailto:aguassantas11@sapo.pt)


De Anónimo a 9 de Agosto de 2005 às 16:39
o teu texto fez-me lembrar uma realidade que as minhas amigas me contam amiude. e eu penso na sorte que tenho tido por o tempo se ter esquecido de mim...
seria bom que se esquecesse para sempre.mas um dia...
beijinho da leonorleonoretta
(http://leonoretta.blogspot.com)
(mailto:eximproviso@hotmail.com)


Comentar post

blogs SAPO
a diferença em mim vista por vós, é a mesma por mim vista em vós.